quinta-feira, 27 de março de 2014

Reportagem "Floresta em Perigo" premiada





A reportagem multimédia "Floresta em Perigo", do jornal Público, ganhou um prémio de excelência atribuído pela Society For News Design, que revelou os vencedores de 2014 no passado fim-de-semana. "Floresta em Perigo" foi coordenada por Joaquim Guerreiro e Raquel Albuquerque e inclui um site especial dos webdesigners Andrea Espadinha e Dinis Correia.  A reportagem centra-se no processo de prevenção e combate aos incêndios nas florestas portuguesas e já arrecadou vários prémios, tendo sido neste concurso o único trabalho português distinguido. 

Fonte (texto e imagem): http://www.publico.pt/sociedade/noticia/publico-vence-premio-internacional-de-design-digital-1629638
 
Eduardo Sofila 


quarta-feira, 26 de março de 2014

Jornalistas em defesa do direito à informação

A Federação Europeia de Jornalistas (FEJ) lançou uma petição em defesa da protecção das fontes e o direito à informação na União Europeia (UE). A acção contesta o novo projecto de regulamento Geral de Protecção de Dados da UE, acusado de colocar em causa o artigo 80.º sobre a protecção de dados. O Sindicato dos Jornalistas já assinou a petição, que conta com 513 signatários, mas precisa de 4487 para ser enviada ao Parlamento Europeu.  

Hamilton Sebastião

Fonte: http://www.jornalistas.eu/?n=9238

MEO Kanal premiado nos TV Connect Awards



O MEO Kanal venceu o prémio "melhor serviço de reforço da experiência televisiva", na segunda edição dos TV Connect Awards, atribuídos pela Informa Telecoms and Media. O canal televisivo da MEO foi considerado de excelência pelas inovações introduzidas no mercado.  Lançado em 2012, o serviço permite aos seus clientes a criação de canais privados, que se podem partilhar com amigos e familiares. Um exclusivo da MEO ao qual mais de 800 mil subscritores já aderiram.

Fontes:
http://www.leak.pt/meo-kanal-distinguido-nos-tv-connect-awards-2014/

http://www.ligateamedia.com/NewsItem/2405/pt/Noticias/55521/5739/Meo-Kanal-distinguido-nos-TV-Connect-Awards
Emanuel Santos

Jornalismo para tablets: à descoberta de um novo mundo

O jornalismo no suporte tablet é um território ainda inexplorado.  Rita Paulino e Vivian Rodrigues são as organizadoras de Jornalismo para tablets, um livro editado pela Universidade Federal  de Santa Catarina, que reúne artigos científicos que desvendam "as possibilidades interativas que podem tornar um conteúdo mais dinâmico e interessante", lê-se no descritivo da obra, à venda aqui.



 


Fonte: http://www.jornalistasdaweb.com.br/2014/03/07/livro-aborda-relacao-entre-o-jornalismo-e-os-tablets/

Beatriz Vaz

Impresa no PSI-20


A Impresa integra desde segunda-feira o PSI-20, enquanto a Cofina saiu na última sexta-feira, 21 de março. O grupo liderado por Pinto Balsemão, detentor  da estação de televisão SIC, o jornal Expresso e a revista Visão, entre outros títulos , torna-se assim o único representante do sector dos media no principal índice bolsista português.


http://www.ligateamedia.pt/NewsItem/2405/pt/Noticias/55521/5725/Impresa-integra-PSI-20-Cofina-sai#sthash.gc8XzOhG.dpuf


Lituânia dos Santos


IPAM promove seminário sobre a relação entre jornalistas e marketeers


Terminam hoje as inscrições para o seminário "Jornalistas e Marketeers: Uma Relação Amor-Ódio!?", que se realiza esta sexta-feira, no IPAM – The Marketing School, Porto. A entrada é livre, mas sujeita a confirmação para o e-mail gestordealunoipam@corporateeducation.pt . A conferência conta com a participação de Artur Carvalho, jornalista e editor de notícias da TSF e é moderada por Paula Arriscado, diretora de marketing e comunicação da Toyota Portugal e professora do IPAM.  O seminário pretende analisar as relações entre jornalismo e marketing e perceber até que ponto os dois universos são paralelos ou intercruzados.


Fonte texto: http://www.ligateamedia.pt/NewsItem/2405/pt/Noticias/55521/5741/IPAM-promove-seminario-sobre-a-relacao-entre-jornalistas-e-marketeers

Fonte Imagem: http://www.marketeer.pt/wp-content/uploads/2011/03/ipam.jpg

Cátia Valente

RTP propõe redução de horário

Os trabalhadores da RTP podem optar por reduzir o horário de trabalho diário ou trabalhar menos sete horas por semana, ficando isentos dos cortes salariais previstos no Orçamento de Estado para 2014. Uma proposta da direcção de recursos humanos divulgada na sexta-feira, 21 de março. A redução dos horários implica uma diminuição proporcional no vencimento mensal. Esta é mais uma medida da empresa para baixar os custos com os funcionários, depois do plano de rescisões por mútuo acordo que decorre até ao final do mês. 
Fonte Texto: http://www.publico.pt/politica/noticia/rtp-convida-funcionarios-a-reduzir-horario-1629693
Fonte Imagem: http://diariodigital.sapo.pt/images_content/2014/RTP2012.jpg
Inês Fernandes

terça-feira, 25 de março de 2014

Ex-diretor de News of the World acusado de pressão

Clive Goodman, antigo jornalista do jornal britânico News of the World e o único funcionário a ser processado pelas escutas à família real, denunciadas em 2006, acusou o antigo director da publicação, Andy Coulson, de envolvimento no processo. Goodman, que já esteve preso por causa deste escândalo, afirmou esta semana durante mais uma audiência sobre o caso que Coulson lhe prometeu que teria o emprego de volta se se mantivesse em silêncio.


Fonte: Jornal de Noticias

Fotografia © Reuters


Nuno Rilhas

Jornalismo robotizado ganha nova vida



Uma tecnologia desenvolvida pelo Los Angeles Times pode mudar a importância do jornalismo robotizado. Trata-se de um algoritmo criado pelo jornalista e programador Ken Schwencke, capaz de gerar um texto sobre terramotos através dos dados divulgados pelo Serviço Geológico Norte-Americano, sempre que algum sismo ultrapassa um limite mínimo de magnitude. Schwencke já tinha criado um algoritmo que permite a redacção automática de notícias sobre criminalidade. O jornalismo robotizado existe desde 2012, mas era usado apenas para escrever resumos de jogos desportivos.



Fonte: http://www.cartacapital.com.br/revista/792/jornalismo-robotizado-6338.html

João Alves

Sindicato contra agressões a jornalistas na Venezuela

 
 
O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Jornalismo (SNTP) da Venezuela realizou no domingo um protesto em frente à sede da Guarda Nacional Bolivariana, contra a prisão de dois jornalistas durante as manifestações de 23 de Março. O SNTP exige o fim das agressões a repórteres e fotojornalistas e denunciou que entre 12 de Fevereiro e 22 de Março se registaram 74 agressões contra profissionais da comunicação social. 





Beatriz Canto

Do blog para a rádio


O jornalista Ivan Brito lançou ontem o programa radiofónico "Fala Caboco", na estação A Voz das Comunidades, de Manaus, Brasil. O programa nasceu do blog do jornalista, que debate temas como juventude, comunicação e comunidade e aposta em vídeos com histórias de moradores. O "Fala Caboco" é transmitido de segunda a sexta, das 16h às 18h e conta com a participação em directo dos moradores das comunidades locais.



Vanessa António
Nº21300655


Fontes:http://www.portalimprensa.com.br/noticias/brasil/64758/jornalista+lanca+programa+que+aproxima+comunidades+a+radio+em+manaus+am

Fonte da imagem

The New York Times censurado no Paquistão



O governo Paquistanês censurou a manchete do jornal The New York Times que colocava a hipótese de Bin Laden ter sido ajudado pelo país. A reportagem “O que o Paquistão sabia sobre Bin Laden”, assinada pela Jornalista Carlotta Gall, foi substituída por um espaço em branco na primeira página da versão internacional distribuída no país. No resto do mundo, o jornal foi distribuído sem sofrer qualquer tipo de censura.


Fotografia © DR
Paula Pinto

Agressão contra jornalistas cresce no Brasil



A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) denunciou ontem a agressão de 163 jornalistas e a detenção de 152, durante a onda de protestos no país registada de maio de 2013 a 24 de março de 2014. Os novos números foram revelados depois de no sábado um fotojornalista ter sido agredido por manifestantes durante a cobertura da Marcha da Família. 


Antonieta Francisco

Jornalistas em defesa de jornalistas


Thomas Mukoya, Reuters
Quatro jornalistas do canal anglófono da Al Jazeera foram ontem presentes a tribunal, acusados pelas autoridades egípcias de "pertencerem a um grupo terrorista" e de "divulgarem notícias falsas”. Jornalistas de vários países mobilizaram-se em defesa dos profissionais da comunicação, numa campanha que se tornou viral. No Twitter, o hashtag #FreeAJStaff conta com 786 milhões de partilhas. O movimento realizou um vídeo de apoio aos jornalistas que continuam presos e espera os mesmos resultados que levaram à libertação de um quinto jornalista, a 5 de fevereiro.



Fontes:
http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=725377&tm=7&layout=121&visual=49 Artigo
http://img0.rtp.pt/icm/thumb/phpThumb.php?src=/noticias/images/1f/1f0f9ae2aa7495a54aa9270c4a831ba0&w=620&sx=0&sy=24&sw=1000&sh=548&q=75&w=552" Imagem

Marta Pinheiro

Clara Ferreira Alves alerta para perigos da emigração


 
Para Clara Ferreira Alves, o crescimento da emigração entre os jovens portugueses é “algo trágico para um país, condenando-o a ser envelhecido”. Declarações da jornalista aos alunos da Escola Portuguesa de Macau, durante o Festival Literário da Rota das Letras, em Macau. Segundo Clara Ferreira Alves, a crise diminuiu o debate cultural e é preciso apostar na formação filosófica como forma de nutrir o espírito crítico dos alunos.

 

Fonte: Jornal Tribuna de Macau
Imagem

Susana Nascimento      

À procura dos “rapazes dos tanques”



Alfredo Cunha e Adelino Gomes lançam hoje o livro Os Rapazes dos Tanques, que recolhe testemunhos de participantes na Revolução do 25 de Abril de 1974. Os jornalistas reconhecem que foi difícil encontrá-los, mas ainda assim o livro reúne 32 entrevistas. Adelino Gomes destaca o depoimento do homem que recebeu a ordem para disparar contra o grupo de Salgueiro Maia. Os Rapazes dos Tanques é apresentado às 18:30, no Torreão Poente da Praça do Comércio, em Lisboa – o local onde Alfredo Cunha tirou a primeira fotografia da revolução.

Fontes:

http://www.noticiasaominuto.com/cultura/192632/jornalistas-resgatam-os-rapazes-dos-tanques-do-25-de-abril
http://local.pt/portugal/lisboa/antonio-costa-no-lancamento-do-livro-os-rapazes-dos-tanques/

Filipa Macedo

Silêncio de jornalista comprado pelo ex-director


O antigo director do jornal britânico “News of the World”, Andy Coulson, disse ao jornalista envolvido no caso das escutas à família real que teria o emprego de volta se se mantivesse em silêncio. Clive Goodman já tinha sido preso por este escândalo e voltou a ser ouvido esta semana no tribunal. Goodman foi o único funcionário a ser processado pelas escutas mas, na audiência desta semana, cedeu à pressão e distribuiu as culpas para o seu ex-director.
 

James Risen: Administração Obama é “inimigo da liberdade de imprensa”




O jornalista do New York Times, James Risen, afirmou ontem que a Administração Obama é "o maior inimigo da liberdade de imprensa que já encontrámos em pelo menos uma geração". O jornalista acusa Obama de querer "reduzir o campo das reportagens de segurança nacional". Em 2008, James Risen foi intimidado a revelar as suas fontes num julgamento contra Jeffrey Sterling que é acusado de ter quebrado a Lei de Espionagem de 1917. Um processo que ainda se arrasta nos tribunais.



Fontes: http://www.poynter.org/latest-news/mediawire/244525/risen-obama-administration-is-this-generations-greatest-enemy-of-press-freedom/
http://publiceditor.blogs.nytimes.com/2014/01/13/protecting-a-source-james-risen-takes-his-case-to-the-supreme-court/

Imagem: http://ify.valuewalk.com/wp-content/uploads/2013/07/James-Risen.jpg

Alexandre Oliveira

Jornal da Madeira recusa divulgar programa de candidato


De acordo com o jornal Público, o Jornal da Madeira (JM) recusou publicitar o programa da candidatura de Miguel de Sousa à liderança do PSD madeirense. O diário madeirense, detido em 99,9% pelo governo regional, é acusado de boicotar a campanha do possível sucessor de Alberto João Jardim. Miguel de Sousa comenta esta decisão, afirmando que os jornalistas do JM “sofrem em silêncio a amargura de uma gestão política que cada dia torna o jornal mais dispensável e absurdo".

Fonte (imagem): Jornal da Madeira
Carolina Pinto

quarta-feira, 5 de março de 2014

Novo prémio de jornalismo: inscrições até 15 de maio



A Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde lançou o Prémio Nacional de Jornalismo “(Re)Descobrir o Artesanato”. Podem concorrer jornalistas profissionais de Imprensa, Rádio e Televisão com trabalhos individuais ou em co-autoria, relacionados com o tema artesanato, publicados entre 1 de Maio de 2013 e 1 de Maio de 2014.  São atribuídos três prémios no valor total de dez mil euros, entregues na 37ª edição da feira, que se realiza de 26 Julho a 10 de Agosto. As inscrições estão abertas até 15 de Maio. Consulte o regulamento aqui.

Fonte: http://www.jornalistas.eu/?n=9170


Isamara Veiga

"Notícias Magazine" lança edição online



 
A "Notícias Magazine", suplemento dominical do Diário de Notícias e Jornal de Notícias, está disponível online desde 2 de Março em www.noticiasmagazine.pt. O site integra conteúdos inéditos, actualizados diariamente, que não cabem na revista em papel. Reportagens, vídeos e artigos sobre comportamento, bem estar, moda, beleza e saúde são algumas das apostas. Estão também assegurados artigos de opinião assinados por Ferreira Fernandes, Gonçalo M. Tavares, Ana Bacalhau, Paulo Farinha e Fernando Melo.


Fonte: http://www.dn.pt/inicio/tv/interior.aspx?content_id=3715858&seccao=Media

Ana Marcão 

Hromadske TV com mais de 200 mil subscritores



A Hromadske TV, uma pequena estação de televisão online ucraniana, ultrapassou os 200 mil subscritores, noticia a Euronews. O canal surgiu a 22 de novembro, após o início dos protestos contra o presidente deposto Viktor Ianukovitchm, com o objectivo de informar de forma isenta e imparcial. A televisão foi a primeira a mostrar as manifestações, enquanto os media que apoiavam o governo as ignoravam. Cerca de 30 jornalistas asseguram as emissões em regime de voluntariado. “Tivemos a ideia de criar uma televisão independente, baseada nos princípios da televisão pública, à semelhança do que acontece no Reino Unido e na Alemanha", explica Natalia Gumenyuk, jornalista e fundadora da Hromadske TV.


Fonte:  http://pt.euronews.com/2014/03/03/ucrania-nova-televisao-pretende-devolver-isencao-as-media-do-pais/

Lituânia dos Santos


Macau: governo garante liberdade de imprensa



O Chefe do Executivo de Macau, Chui Sai On, reafirmou ontem o respeito pela liberdade de imprensa no território. As dúvidas surgiram após queixas anónimas de censura por parte de jornalistas dos canais chineses da Teledifusão de Macau, a estação pública de rádio e televisão. Uma polémica que surgiu após a renúncia de Leong Kam Chun ao cargo que ocupava na administração. Chui Sai On num encontro com a nova direcção, agora liderada por  Manuel Pires, garantiu o "maior respeito pela liberdade de expressão, imprensa e edição". 


Fonte: http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2014-03-04-chefe-do-executivo-de-macau-reafirma-respeito-pela-liberdade-de-imprensa;jsessionid=E7E3786738823CB958B62626F9DB815A

Hamilton Cruz

Quebra na venda dos diários mantém-se